Nossa Strangloscope – Mostra Internacional de Áudio, Vídeo/Filme e Performance Experimental não foi realizada em 2020. Ficamos paralisados, nos sentimos totalmente incapazes de pensar, neste primeiro momento, numa mostra que não poderia mais ter lugar de modo presencial e numa situação tão caótica e imprevisível como é a destes tempos pandêmicos. Mas conseguimos reagir e, com o apoio de uma equipe de produção afinada com nosso pensamento, estamos inaugurando este site que alojará a nossa primeira edição online.  Esperamos que com a participação de toda a nossa comunidade de cineastas e artistas audiovisuais experimentais possamos ensejar novas trocas e expandirmos as possibilidades de reflexão, criação e distribuição do audiovisual experimental formando novos públicos e redes. 

Nesta 13ª edição o tema é Antropoceno ou como apagar o rastro humano do planeta. Um grito lançado no cosmos virtual, mais do que um apelo, uma dor aguda, um resto de forças concentradas para o gesto de gritar através das obras.  Somos uma sociedade que definha pelo abuso e prepotência das atividades que ignoraram a natureza, as fontes de vida e a sabedoria dos povos originários para fomentar um capitalismo cruel, colonialista, territorialista,  obstinado em lucro imediato a qualquer custo mesmo que o da extinção da vida humana no planeta. Nossa mostra apresenta este tema para estarmos vibrando coletivamente neste momento. Se não conseguimos mudar as coisas como são ao menos gritamos alto e juntos.

Nossa curadoria de filmes, nossa seleção de artistas convidados, toda a programação desta 13ª edição da nossa Mostra Strangloscope está afinada com esta visão. Agradecemos muito a todos os artistas que estarão participando e, aos que não foram selecionados, esperamos que estejam juntos conosco em todas as atividades propostas nesta edição e que continuemos sempre em contato para participarem numa próxima vez.

Esperamos que estes 9 dias de programação online possam nos unir e fortalecer. Muita saúde, amor, resistência, enfrentamento, garra e audiovisual experimental para todos!

Cláudia Cárdenas e Rafael Schlichting
Duo Strangloscope

 


 

LISTA DOS VÍDEOS E FILMES
EXPERIMENTAIS SELECIONADOS


INTERNACIONAIS


A Maiden’s Prayer – Tzuan Wu

A Proposal to Project in Scope – Viktoria Schmid

All the Pretty Summer Colors – Jon Behrens

Another Horizon – Stephanie M. Barber              

Because the Sky is Blue – Wenhua Shi

Culture Leap (non-linear) – Roger Horn

Dear Friend – Luca Sorgato

Death Dance – Fran Orallo

Deep Blue – Sebastian Wiedemann

Democracy – Wheeler Winston Dixon

Domestic Altar – Polina Berestovaia

Durmientes (Le Battement de la Forêt) – Isabel Pérez del Pulgar

Earth Had Issues Loading… – Leonardo Pirondi

Eidolon – Mike Rollo

Every Rupture – Sasha Litvintseva

Ghost Forest – Dee Hood

Grid – Directed by Alexandre Alagôa

In and Out a Window – Richard Tuohy & Dianna Barrie

Locus Suspectus – J.M. Martínez

Macuil – Jael Jacobo

Of All Nothing – Dagie Brundert

Originate / Recompile – Federica Foglia

Phsychè Tophikè – Bruno Varela

Pine and Genesee – Kelly Gallagher

Reverse Shadow – Janie Geiser

Revision – Mikhail Zheleznikov

The Lilac Game – Emma Piper-Burket

The Resistance of Amnesia – Shile Feng

Tik-Tak – Michael Fleming

Tomorrow I Failed Completely – Masha Godovannaya

UncertainTerritory – Laura Focarazzo

Vulture – Phil Hoffman

Where We Used to Swim – Daniel Asadi Faezi

Widow’s End – Jil Guyon

Winspit – Emily Charlton


NACIONAIS


A Cristalização de BrasíliaGuerreiro do Divino Amor

Curupira, creature of the woodsFélix Blume

Fogo contra fogoRebecca Moure

Fratura Exposta, Pt. I “A Sonâmbula”Natália Reis

Ser Feliz No VãoLucas H. Rossi dos Santos

Terra à Vista (Land in Sight)Lívia Sá

The Iguaçu HydraCristiana Miranda

TRANSVERBOOliver Cárdenas

Um Cavalo Olhou Para o Céu com Esperança de FugaAlcimar Verissimo